Goiânia é uma das referências nacionais quando o assunto é cirurgia plástica. Pacientes de todas as partes do país buscam, no Hospital São Francisco de Assis, profissionais renomados para fazer algum tipo de procedimento. A cirurgia plástica pode ser reparadora ou estética. A cirurgia plástica reparadora tem como objetivo corrigir lesões deformantes, defeitos congênitos ou adquiridos. É considerada tão necessária quanto qualquer outra intervenção cirúrgica. A cirurgia plástica estética é aquela realizada pelo paciente com o objetivo de realizar melhoras à sua aparência. A pessoa quando se submete a tal intervenção cirúrgica não a faz com intenção ou propósito de obter alguma melhora em seu estado de saúde, mas sim para melhorar algum aspecto físico que não lhe agrada, ou seja, corrigir uma deformidade que ela adquiriu ao nascimento, por exemplo, como uma orelha proeminente ou em abano, outro caso como uma mama flácida que pode lhe dificultar um relacionamento afetivo. Situações que não lhe causam prejuízo da ordem funcional, mas sim de ordem psicológica. Atualmente, as duas cirurgias plásticas estéticas mais realizadas são a lipoaspiração e o implante de prótese de silicone nos seios. É comum as pessoas procurarem as chamadas cirurgias combinadas, exatamente para aproveitar o período de pós-operatório e resolver mais de um caso na mesma oportunidade. Os principais tipos de Cirurgia Plástica realizados 1. Lipoaspiração O objetivo dessa cirurgia não é emagrecer. A lipoaspiração é muito eficiente para melhorar o contorno corporal, eliminando as gordurinhas que não conseguimos perder com dieta, nem na academia. E no caso da lipoaspiração a laser, é possível amenizar também os quadros de flacidez. 2. Aumento de mama O aumento da mama está no topo da lista das cirurgias mais procuradas. Só é preciso tomar cuidado com o tamanho das próteses. Próteses muito grandes geram mais flacidez de pele, estrias e até problemas na coluna. 3. Abdominoplastia Este é um dos procedimentos mais procurados por quem teve uma grande perda de peso, seja por obesidade ou uma gravidez. Por meio dessa cirurgia, conseguimos eliminar a pele flácida, aproximar os músculos do abdômen e remodelar umbigo. O resultado é uma barriga nova, bem natural. 4. Mastopexia Seios flácidos podem ser rejuvenescidos por meio desse procedimento. Podemos apenas retirar a pele flácida e suspender a mama. Pode ser necessário fazer uso de prótese, caso as glândulas mamárias e a gordura seja insuficiente. Este procedimento é muito realizado por mães que acabaram de amamentar, ou mulheres que percebem a flacidez decorrente da idade. 5. Blefaroplastia Geralmente, a partir dos 40 anos, já podemos notar em algumas pessoas uma flacidez nas pálpebras superiores e a formação de bolsas abaixo dos olhos. Esse problema pode ser resolvido com a blefaroplastia. O procedimento devolve o contorno dos olhos e dá ao paciente um ar mais descansado e rejuvenescido. Quanto antes a pessoa buscar tratamento, mais natural será o resultado. 6. Rinoplastia É um procedimento que exige bastante habilidade e senso estético, além de muita atualização. O conceito moderno de rinoplastia prega que o que importa não é o tamanho, mas a personalidade. Hoje, o que importa é ter um nariz que harmonize com o restante da face. 7. Ninfoplastia A outra cirurgia é a ninfoplastia, cirurgia íntima feminina. Por meio dela, é possível diminuir o tamanho dos pequenos lábios. Esta cirurgia só não é mais praticada, porque muitas mulheres ainda se sentem constrangidas em conversar sobre ela. Com isso, continuam sofrendo com dores, vergonha do próprio corpo e até infecções. 8. Aumento de glúteos Um bumbum redondo e empinado é o sonho de 10 entre 10 mulheres, por isso a gluteoplastia tem sido tão procurada. Existem duas formas de realizar este procedimento: por lipoenxertia, procedimento no qual retiramos a gordura de áreas indesejadas e injetamos no glúteo, ou com a colocação de prótese de silicone. Este é indicado para pacientes com pouca gordura ou para quem deseja um resultado mais previsível e firme. 9. Otoplastia Esta cirurgia é bastante procurada por homens, mulheres e até crianças. Por meio dela é possível dar à orelha curvas mais harmônicas e um posicionamento mais próximo à cabeça, de forma discreta e sem deixar sinais, pois a cicatriz fica muito bem escondida.