Angiografia é um exame de diagnóstico concebido para visualizar a circulação de um determinado local do organismo, com o propósito de identificar potenciais alterações ou lesões que expliquem um quadro clínico e oferecer potenciais soluções terapêuticas. Os vasos sanguíneos não são visíveis em exames convencionais e, por isso, torna-se necessária administração de uma substância de contraste ou de um corante que permita a sua visualização. Alguns dos órgãos mais frequentemente estudados pela angiografia são a retina, o coração e o cérebro. Muitas patologias que, até recentemente, podiam ser abordadas apenas por meio de cirurgias de grande porte, hoje podem ser tratadas no setor de Hemodinâmica, através da inserção de delicados dispositivos e cateteres, orientados pela angiografia. São opções terapêuticas eficazes e muito menos agressivas, proporcionando menor morbidade e um tempo de recuperação mais breve. Indicações Algumas das doenças onde a angiografia adquire especial relevância são a doença coronária cardíaca, os aneurismas e a aterosclerose. No âmbito da Oftalmologia, a angiografia permite avaliar doenças com a degenerescência macular e a retinopatia diabética. Outras doenças onde a angiografia é importante são os acidentes vasculares cerebrais, os enfartes do miocárdio, a gangrena e a falência de órgãos. O Hospital São Francisco de Assis disponibiliza profissionais renomados e experientes, disponíveis 24h por dia, suporte anestésico, retaguarda de UTI e Centro Cirúrgico, além do atendimento humanizado. Fonte: Saúde CUF